TIRE A SUA DÚVIDA.

FAQ: Dúvidas nais frequentes
aqui você tira as suas dúvidas relacionada a cada assunto na urologia, psicologia e sexualidade.
É só clicar NO TEMA e você terá as informações sob a forma de perguntas e respostas mais comuns, nas mais variadas faixas de idade.

Diretoria do CEDES, PSICOCEDES e da CLÍNICA UROLÓGICA

_________________________________________________________________________________________

PRAZER SEXUAL

UM VULCÃO DE SENSAÇÕES

images

1- A mulher demora mais para chegar ao mesmo nível de excitação que o homem? Esta diferença de tempo pode ser mensurada? (Não vamos falar sobre ejaculação precoce, mas de homens saudáveis).

A resposta sexual feminina é diferente da do homem em muitos aspectos. Não que seja mais lenta. Ela tem o tempo necessário para que as mudanças no seu corpo ocorram para que possa ser penetrada sem incomodo, dor ou qualquer outra sensação que bloqueie a sua excitação dificultando atingir o orgasmo. Como a resposta sexual é única para cada pessoa, essa diferença não pode ser medida.

 2- Esta demora é responsável pela falta de orgasmo? O que o homem pode fazer para contornar isso? Dar mais tempo às preliminares, controlar a ejaculação?

Não é este tempo de mudanças corporais para a relação com penetração que atrapalha o orgasmo e sim o aumentar ou não do nível de excitação da mulher. Este tempo até o orgasmo depende muito de fatores  emocionais, sensoriais que ativam toda a química sexual. Também fatores externos que tiram a espontaneidade, o relaxamento e a concentração afetam a excitação.

 3- Porque algumas mulheres abrem mão do prazer, quando percebem que o parceiro está prestes a ejacular? O casal deveria conversar, e chegar a um consenso? As mulheres reclamam no consultório?

Não é que abrem mão. Todas querem um prazer maior e o orgasmo. O que ocorre é que se a ejaculação masculina é rápida, o estímulo pode diminuir rapidamente. Quando a mulher percebe a ejaculação do parceiro (sendo precoce) e está no processo crescente de excitação ocorre um bloqueio físico e emocional por conta da decepção e da ansiedade que este fato gera. Além do diálogo, que também ajuda para que eles se conheçam mais, a procura de ajuda profissional de terapia sexual é essencial. O homem tem que aprender a conhecer a sua resposta sexual com detalhes para controlar a sua ejaculação

Texto 1

FIMOSE

1 – A Fimose causa a ejaculação precoce ?

 A Fimose é quando o menino nasce com a pele (prepúcio) que recobre a glande fechada que não se expõe. Isso faz com que a glande fique muito sensível e o homem ejacule ao simples contato com a mulher. Pode ser a causa da Ejaculação Precoce.

.

Texto 2

VAGINA

1 –Dr.Marzano: Acho que tenho a vagina pequena e penso que deve ser a causa da minha falta de excitação. Outro aspecto também me preocupa: Assim como os homens se preocupam com o tamanho do pênis, a mulher se preocupa com a profundidade de sua vagina. É o meu caso. Acho que tenho a vagina pouco profunda. O senhor poderia discutir este tema?
A vagina da mulher tem mais ou menos 7 cm, não excitada, mas é bastante elástica adaptando-se à maioria dos tamanhos dos pênis, desde que bem preparada nas preliminares no ato sexual. O uso de um lubrificante à base de água pode facilitar a penetração do pênis e muitas mulheres sentem-se muito melhor aumentando até a sua excitação.Dificilmente a dor na relação sexual é devida a vagina estreita. O que mais comumente ocorre é a falta de lubrificação decorrente de dois aspectos: falta de excitação suficiente para a penetração( falta de preparo=preliminares), ou falta de produção de liquido lubrificante vaginal por deficiência de hormônios, ou por uma infecção vaginal que deixa a mucosa machucada dando dor na penetração.Ainda a última causa psicológica e a mais comum, em que a mulher não consegue relaxar a musculatura pélvica tendo, como conseqüência a dor. Procure mais informações com o seu ginecologista

VARICOCELE

1- Tenho Varicocele e não tenho filhos. Devo operar?
A cirurgia de Varicocele é também indicada para homens que tem essas veias no escroto e alterações no espermograma ( exame que conta os espermatozóides e analisa a sua fertilidade). A cirurgia pode ou não aumentar as chances de uma gravidez melhorando o seu espermograma. Não há qualquer tipo de garantia da melhora da fertilidade com a cirurgia. A vitamina E também ajuda um pouco. Consulte um urologista.

CALCULOSE RENAL - PEDRA NOS RINS

1 – Acho que tenho calculo (pedra) na bexiga,com muita dificuldade para urinar. Como saber se é verdade ?
 Pelos sintomas pode ser um calculo vesical (de bexiga) e as vezes de obstrução pelo crescimento da próstata.O cálculo de rim dá cólicas fortes,geralmente de um lado das costas. Há também a possibilidade dele ter um problema de próstata. Após os 40-45 anos de idade os homens devem fazer exames de próstata que incluem um exame de sangue e um ultrasson. Dependendo do resultado deve ou não fazer toque retal. Pense nisso e indique uma investigação diagnóstica que já poderá dizer se é calculo ou aumento da próstata.
2 – Tenho sempre uma urina escura.O que devo fazer ?
 A urina escura, na maioria das vezes, é sinal de sangue (=hematuria). Pode estar relacionada mais comumente a infecção urinária ou a calculose de vias urinarias. Para fazer o diagnóstico seria importante iniciar com os seguintes exames: 1-Urina tipo I; 2-Urocultura; 3-Ultrassonografia de vias urinárias.
3 – Tenho 1 pedra no canal do rim e gostaria de saber o tratamento ?
 A ureterolitotomia é uma cirurgia em que se aborda o ureter no local onde se encontra o cálculo; se faz uma incisão sobre ele, retirando-o e saturando o tecido em seguida. O mesmo ocorre com a Pielolitotomia que é a cirurgia para retirada de cálculo da pelve renal.Mas, sempre deve-se tentar primeiro a Litotriosia Extracorpórea que é o uso de ondas de choque para quebrá-lo sem cirurgia.Se não conseguir quebrar a pedra outra opção é a quebra e retirada do cálculo por via endoscópica através da uretra.

RELACIONAMENTO

1-Dr.Celso. As preliminares na relação sexual são importantes ?
Você está certa. As preliminares são importantes e essenciais. Sem elas a mulher não se prepara para receber o pênis e muito menos para chegar ao orgasmo.Aprenda sobre seu corpo e depois ensine ao seu parceiro. Tenham no mínimo 15 minutos de preliminares, ou mais.Assim você terá uma resposta sexual de excitação muito maior e mais prazerosa.
 2- Meu companheiro fica triste quando não goza e leva para o lado pessoal. O que faço?
No homem a ejaculação (eliminação do semem ou esperma) e o orgasmo( sensações de prazer intenso) ocorrem simultaneamente. O orgasmo só ocorre quando a intensidade de excitação chega ao seu limite máximo. Qualquer fator que diminua esta excitação impossibilita o orgasmo. Fatores físicos (doenças,estafa,etc.) e fatores emocionais (tristeza, depressão, problemas de relacionamento,etc.) levam a esta disfunção sexual chamada de inibição ejaculatória. Ela deve ser pesquisada por especialista médico e tratada de maneira geral por terapia sexual. Você pode ajudar o seu parceiro explicando que esta disfunção não tem culpados e que deve ser tratada. Incentivá-lo a procurar ajuda é o caminho. Boa sorte

DST

1– QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS?

È muito importante o conhecimento,as formas de apresentação e como evitar as doenças sexualmente transmissíveis (DST) pela sua alta frequência na nossa sociedade.Os sintomas e sinais vão desde uma leve coceira, secreção, feridas, verrugas e muitas vezes sem qualquer sinal externo.

Saiba agora um pouco das principais DST:

1-Gonorréia: também chamada de blenorragia,pingadeira,esquentamento,etc.Aparece em média 2 semanas após o contágio;provoca coceira e queimação no canal da urina e em seguida uma secreção purulenta,espessa em grande quantidade.Se não tratada leva a sérias infecções internas e de difícil tratamento.Em 70% das mulheres os sintomas não aparecem.

2-Sífilis(Lues): Doença de evolução crônica,com surtos agudos.É transmitida sexualmente e causada pelo Treponema pallidum.Provoca uma ferida(cancro duro) na pele do pênis,vagina e boca,com pouca dor. Pode cicatrizar espontaneamente e camuflar a doença que ainda está no sangue e evolui para uma sífilis secundária ou terciária com graves complicaçôes.

3-Cancro Mole: pouco conhecida embora muito comum,provocando uma ferida dolorosa na região genital que aparece 2 semanas após o coito.Também chamada cancróide ou cavalo.

4-Herpes Genital: Causada por vírus e provoca pequenas lesões vesiculosas que se transformam em pequenas feridas.O cuidado maior neste caso é a higiene local.

5-Uretrites: São corrimentos pelo canal da urina(uretra) de intensidades e cores variadas.A contaminação muitas vezes vem de corrimento vaginal que a mulher acha normal e não trata passando para o parceiro sexual.Aqui citamos os tricomonas e a clamídia.

6-HPV e Condiloma Acuminado (“crista de galo” ): Tem período de aparecimento variável (semanas a anos). É transmitida pelo coito e indiretamente por mãos, toalhas, sabonetes (discutido mas não descatado). Deve-se sempre tratar o parceira por estar ligado ao câncer do colo do útero.

7-AIDS: Transmitida por vírus e sem tratamento até o momento. Transmitida por qualquer secreção do contaminado e vem crescendo cada vez mais em nossa sociedade apesar de todas as informações dadas.

8-Temos outras DSTs muito importantes e devem ser citadas pois a sociedade não dá muita importância e causam muitos problemas de saúde, principalmente nos mais jovens:CORRIMENTOS VAGINAIS (devem sempre ser tratados), MOLUSCO CONTAGIOSO (parece espinhas na região genital),ESCABIOSE ou SARNA (muita coceira genital e no corpo) e PEDICULOSE (ou “chato”=coceira genital)

O importante é você saber que os médicos principalmente os UROLOGISTAS  tem a preocupação de:

  1. a) diagnosticar precocemente a DST
  2. b) tratá-la rapidamente
  3. c) orientar o paciente para evitar complicações e
  4. d) detectar pacientes assintomáticos (que não tem qualquer queixa)

2- COMO EVITÁ-LAS?

CONSELHOS PARA EVITAR DOENÇAS SEXUAIS

Escolha bem seu(sua) parceiro(a) sexual. O visual, as roupas, a conversa, o carro e outros aspectos externos muitas vezes escondem doenças. Portanto não julgue pelo que você vê.

– Urine e lave os órgãos sexuais logo após a relação sexual. A vontade de urinar após as relações é uma defesa do nosso corpo para expulsar possíveis infecções e o ato de lavar com água e sabonete os genitais também é uma importante prevenção contra inflamações e doenças.

-Evite contato sexual na presença de feridas, verrugas, bolhas e secreções suspeitas. Quando você vê ou sente algo diferente do normal no pênis ou na vagina,tome cuidado,evite relações sexuais e oriente seu parceiro(a) a procurar um médico.

-Em se tratando de doenças sexualmente transmissíveis use sempre preservativos. Ele é uma barreira entre a doença e a sua pele.Deve ser utilizado desde o começo até o final do sexo.

-As doenças sexuais devem ser tratadas pelo médico urologista.. Qualquer dúvida deve ser tirada com quem entende. Evite auto-tratamento para não transformar em doenças crônicas.

EDUCAÇÃO SEXUAL

1- Como os pais devem abordar o tema “sexo” com os filhos?

Adolescer é maturidade, mudança, crescimento, e o nascimento para a vida social. Este momento será a maior transformação que passamos na vida em toda nossa vida. Este jovem muda psicologicamente e fisiologicamente; de maneira mais lenta no físico no que no emocional. É descobrir o caminho para a vida.

Um dia percebemos que nosso filho cresceu e virou um adolescente com hormônios em ebulição. Chegou a temida hora de falar sobre sexo, um assunto ainda tão carregado de tabus e pré-conceitos que, por mais liberal que seja a educação em casa. Muitos pais ainda têm dificuldade em tratar deste assunto, provavelmente por reflexo da carga repressiva que eles sofreram na sua adolescência. Mas como falar com os adolescentes sobre algo tão íntimo? Alguns pais acham que ao tocar no assunto estarão antecipando o despertar inevitável para o sexo.
Os pais devem falar de sexo e sexualidade que engloba prazer, sentimento, e  encontro que essa experiência traz.Também é importante lembrar os efeitos do sexo inconseqüente, sem proteção, como a gravidez e as doenças sexualmente transmissíveis. É preciso ir além no diálogo sobre sexo com os filhos, que normalmente se restringe aos métodos contraceptivos e à prevenção. O que eles querem saber exatamente é o que se passa no coração, no corpo e na mente antes, durante e depois da transa. Eles querem falar de sentimentos e sensações.

No Brasil, a primeira relação sexual da garotada acontece cada vez mais cedo. Dados do Ministério da Saúde indicam que entre os meninos a idade média para a primeira vez é de 15,1 anos, enquanto para as meninas é de 14,4 anos.

 2- O que fazer quando os filhos não querem dialogar?

A adolescência é repleta de inseguranças. O menino tem medo de não ter um bom desempenho e a menina, de não agradar. Pensar em métodos anticoncepcionais na hora H pode quebrar o clima. Esta fase é regada de mudanças físicas, psicológicas e sociais. A pressão dos pais para falar sobre sexo ou forçar uma iniciação dos meninos é muito negativa e normalmente afasta mais os filhos dos pais na esfera da discussão da sexualidade. Os pais podem ter livros ao alcance dos filhos que fale sobre sexo o que pode facilitar a iniciação do diálogo

 3- Quais são os erros mais comuns dos pais ao lidar com essa questão?

Forçar a conversa inibe os jovens; colocar regras e padrões sexuais sem discussão do porque; julgamentos negativos de acontecimentos sexuais com amigos dos filhos ; cobranças e castigos etc.

 4- Você acha que os pais de hoje em dia estão sintonizados com a maneira como os filhos lidam com sexo ou eles estão confusos?

Com certeza estão confusos. Falar sobre sexo com os filhos é uma dificuldade inerente aos pais. Os adolescentes estão muito bem preparados para um diálogo aberto e os pais ainda carregam a carga da repressão que sofreram na sua adolescência. Eles precisam aprender a conversar com os filhos, principalmente, sem dar lições de moral. Os pais devem ouvir mais e falar menos, e somente questionar sobre a primeira vez se realmente tiver preparados para ouvir a resposta. O problema é que os pais costumam passar a responsabilidade da educação sexual para a escola ou para a igreja que muitas vezes não têm estrutura para isso. As tradicionais funções dos pais de iniciação à educação de hábitos de higiene, alimentação, socialização, orientação sexual e desenvolvimento da personalidade das crianças e dos jovens estão sendo exercidas em grande parte pelos educadores, exatamente pela falta de tempo que os pais têm.

 5- Em sua experiência a maioria dos pais dialoga com os filhos sobre sexo ou finge que a questão não existe?

Atualmente os pais continuam com as mesmas dificuldades que há 20 anos atrás, embora tenham muito desejo que isto aconteça. Falando sobre sexo com os filhos não se iluda com a hipótese de que seu filho ainda não está preparado para receber a orientação necessária sobre o início de sua vida sexual.

Portanto, o que parece ser tão estranho e distante está muito mais próximo dos seus filhos do que você pode imaginar.

Quanto melhor e maior a informação que os filhos obtiverem dos pais, melhor poderão lidar com o eminente desabrochar de sua sexualidade.

Os pais não imaginam a dificuldade que seus filhos têm em lidar com a própria sexualidade; ajuda, porém, não esquecerem que já passaram por isso, e que tudo é muito novo, excitante e, ao mesmo tempo, amedrontador.

Seria mais tranqüilo que as primeiras informações e descobertas fossem tratadas em casa, para que seus filhos se tornassem adolescentes adequados e equilibrados no que tange a própria sexualidade. Entretanto, o que se observa é que os pais se fecham, evitam conversar com os filhos e estes fatalmente, tentarão obter as informações necessárias fora de casa e muitas vezes de forma inadequada e comprometedora.

SEXUALIDADE FEMININA

1- O que são orgasmos múltiplos? Eles dão mais prazer do que o orgasmo convencional?  

Orgasmos Múltiplos são picos de prazer  sexual que ocorrem em sequência, um imediatamente após o outro sem interrupção alguma , ou em pouco espaço de tempo, quando a mulher é estimulada de maneira contínua.. Logo, os orgasmos múltiplos não ocorrem nos homens, pois estes apresentam o período refractário, que é um impedimento fisiológico. Mesmo nas mulheres, não é um fenómeno muito frequente. O orgasmo feminino é muito complexo e não apresenta somente um padrão. Pode ocorrer um único e intenso orgasmo, vários orgasmos de menor intensidade ou uma união dessas duas variações. É também comum a mulher confundir a sensação prazeirosa após o coito como se estivesse experimentando novos orgasmos.

2-Toda mulher que normalmente tem orgasmos consegue tê-los?

A resposta sexual de cada mulher é única e não segue padrões pre definidos. A maioria das mulheres tem um único orgasmo e necessitam de descanso para uma nova situação erótica. Poderá ter outros orgasmos se a situação e o parceiro assim facilitarem. O orgasmo múltiplo é privilégio de poucas mulheres.  Os Múltiplos Orgasmos não definem por si só se a mulher tem mais, ou não, prazer quando comparada a outras com um único orgasmo. Também não se sabe se há alguma predisposição biológica ou emocional a apresentar tal tipo de resposta sexual. O mito diz que a mulher multiorgásmica é mais fogosa e pode dar maior prazer ao homem. O maior prazer do homem frente as supostas mulheres multiorgásmicas está associado a fantasias de ele próprio ser um “super macho” capaz de levar a mulher às alturas no  sexo. No orgasmo as evidências fisiológicas são as contrações rítmicas  da  vagina e da musculatura do períneo;o útero também sofre contrações.Todos os orgasmos se assemelham fisiologicamente, mas podem ser sentidos de formas diferentes.Para algumas mulheres é um murmúrio suave, para outras, um agitado turbilhão. Com a experiência orgástica, tem inicio a redução da congestão vascular e a liberação de tensões musculares em todo o corpo.

3 – Quais as dicas para se alcançar estes orgasmos? Há alguma posição sexual que facilite?  

O segredo do um orgasmo é explorar o sexo sensorial, ou seja, durante as preliminares e durante a penetração, estar com os cinco sentidos despertados e aflorados. Para isso é necessário explorar todo o corpo. Ele ensina que primeiramente cada parceiro deve se conhecer. “Até que provem o contrário, a natureza nos deu muito mais que um único ponto G. Temos vários pontos prazerosos espalhado por várias regiões do corpo. Se cada indivíduo se conhecer melhor fica mais fácil ensinar o parceiro, onde é melhor ser estimulado”.

Ter  um orgasmo, não pode ser uma finalidade, uma obrigação, mas antes uma motivação para o auto conhecimento e a troca com o parceiro. “O prazer não é só a penetração e só orgasmo, é toda a relação que vai se desenvolvendo com entrega, relaxamento, sensibilização e sentimento até chegar ao clímax. Quando passamos exercícios sexuais para os casais em terapia sexual, o primeiro passo é tirar o foco dos genitais. É vital primeiro conhecer seu potencial sexual e erótico. Herdamos esta prática do tantra. Conhecer as sensações a partir dos estímulos no banho, das carícias, realizando um verdadeiro mapeamento das zonas erógenas um do outro. Massagens e toques, descompromissados com o ato sexual em si, são fundamentais para o conhecimento dos parceiros. Costumo dizer aos homens: Troquem uma transa rápida por uma guerra de beijos”.

DICAS SEXUAIS.

  1. Segurar o cabelo da mulher com vontade, quase que puxando é muito excitante. Por que?

Na realidade segurar o cabelo da mulher com vontade, quase que puxando é muito excitante para algumas pessoas que tem isso como uma fantasia. Está muito relacionado a um jogo de sedução e de dominância, onde tanto que está fazendo e quem está recebendo sinta prazer com esta brincadeira. Faz parte de um jogo erótico e faz parte de um sadomasoquismo leve. SE houver o aval dos dois não existe nenhum tipo de repercussão negativa.

Sexo virtual: quais suas dicas para não correr riscos?

O sexo faz parte do universo humano e do nosso dia a dia. Uma das formas de expressão desta sexualidade é o sexo virtual e este deve ser objeto de estudo minucioso.A palavra virtual está estreitamente vinculada à linguagem cibernética e tem uma conotação do que “não é real”.

Pessoas se encontram neste espaço, em tempo real, cada qual de seu computador, independentemente de onde estejam e começam a se relacionar afetivo-sexualmente, elas se conhecem pela Internet através da troca de e-mails, fóruns de discussões, chats de bate-papo, etc., como “meu amigo virtual”, “meu namorado virtual” e até “meu amante virtual”.  SE a pessoa sempre precisar como o estimulo virtual é considerado uma parafilia e deve ser tratado por um profissional especializado.            A meta é o prazer, o sexo genital, visualizado através de imagens pelo acesso de sites eróticos ou ainda pela troca de mensagens entre pessoas que potencializam um encontro sexual.

O sexo virtual pode ser mais pois com um click pode se chegar onde quiser. Para muitas pessoas passou a ser uma constante em sua vida.  É um prazer descartável, sem envolvimento, sem perigo de gravidez ou de doenças sexualmente transmissíveis.

Para não correr riscos a pessoa precisa confiar e se sentir muito segurança em relação ao outro está do outo lado, pois é grande o número de decepções, crimes, divulgação de fotos e vídeos extraídos deste tipo de relação.

Também tem as pessoas que tem dificuldade de se relacionar e pode se tornar preocupante quando o sexo virtual vira uma ‘muleta’ para quem tem baixa autoestima, pouca autoconfiança e medo de se expor e ser rejeitado. Pois através deste tipo de relação a pessoa tende a se isolar cada vez mais.

A internet é um mundo virtual, onde quem está do outro lado pode vestir qualquer imagem que queira ou que fantasie. Então antes de marcar um encontro ou passar telefone certifique se de que o outro é uma pessoa real e não virtual.

 

  1. Li uma pesquisa dizendo que o yoga ajuda a aumentar a libido. Vc sabe me dizer por que isso acontece? Tem realmente a ver com a melhora da circulação sanguínea?

A Yoga traz muitos benefícios para a saúde física e mental e consequentemente para o sexo.

Esta atividade tem como objetivo equilibrar as funções do organismo, a flexibilidade, o aumento da força, a energia e a respiração.

Entre tantas vantagens, a ioga ajuda a reduzir a ansiedade, que é o principal vilão contra o sexo fazendo com que os parceiros tenham mais vontade. Também o corpo estando bem auxilia a autoestima e o bem estar que também são fatores fundamentais para um bom desempenho sexual.

 4-Quais as melhores posições sexuais para não fazer aqueles barulhinhos na hora H?

Os barulhinhos na hora H depende da posição sexual, pois às vezes numa relação sexual junto com pênis entra ar na vagina e quando este ar sai faz barulhos semelhante aos gazes pelo espaço entre o pênis e a vagina.

A posição que mais evita o barulho é o papai-mamãe pela própria anatomia pélvica.

Com maior frequência os “flatos” vaginais aparecem nas posições na mulher de quatro e na tesoura ( mulher de lado e o homem penetrando entre as pernas).

 5-Sugira algumas dicas de como não deixar a rotina interferir na relação.

Não é fácil manter a paixão do começo da relação em alta.

A rotina e a repetição dos mesmos hábitos acabam colocando a relação em uma zona de conforto o que pode ter como consequência o desinteresse de um dos dois ou de ambos no relacionamento.

Parece que a evolução do namoro ou do casamento, os casais se esquecem de investir um no outro como se houvesse a certeza de que vão se amar para sempre e passam a investir na casa, família, amigos, profissão entre outras coisas, menos na relação a dois.

O item que considero mais importante

  • Para a rotina não interferir na relação é a pessoa nunca esquecer do quanto o outro é importante e do sentimento existente. Com isso a relação pode ser vivida com amor, respeito, compreensão, intimidade e sexo.
  • No dia a dia você pode surpreender com atitudes simples como: carinho, atenção, observação e ousadia que são os fatores que ajudam a manter o relacionamento em alta. 
  • Também sempre sugiro um tempo de cinco minutos diários para a conquista, sedução e para o namoro.
  • E é claro que sair da rotina também faz muito bem aos relacionamentos. Cada um pode usar a sua fantasia e imaginação para sair da rotina desde que tenha o aval do outro para não haver desentendimentos.
  • A individualidade ajuda muito a relação. Nunca deve-se esquecer a família, os amigos, hobbies, profissão entre outros, pois isso significa a pessoa ir inteira para a relação.
  • Lanterna mágica: No quarto totalmente escuro e com uma pequena lanterna você deve dirigir o foco de luz pelo seu corpo e ele deve acompanhar o trajeto fazendo carícias com as mãos, com a boca e língua. Não sair do local iluminado enquanto estiver iluminado. O casal pode após trocar de posição. Dê a lanterna para ele e curta até acabar a pilha.
  • Troca de papéis: este exercício dá a possibilidade de você mostrar tudo que curte e fantasia sem ter vergonha. Faça os carinhos que você deseja receber, onde, como desejar e pelo tempo que quiser. A resposta sexual dele e sua será intensa. Ouse e não se preocupe com o possível julgamento negativo do parceiro .

 

CLITORIS

1- Qual a diferença entre Glande e Clitóris ?
 A Glande e o Clitóris têm mais ou menos a mesma resposta sexual.São formados por tecidos extremamente inervados, que faz com que sejam mais sensíveis que outras partes do corpo. Os dois se intumescem na excitação, devido a um represamento de sangue aumentando-os de volume.A diferença é que o clitóris tem uma função estritamente sexual.

URETRITE

1-Tenho 03 parceiras sexuais e estou com secreção pelo canal do pênis. O que faço?
Você provavelmente tem uma Uretrite(infecção do canal do pênis) e que deve ser tratada rapidamente por um urologista. A automedicação é sempre prejudicial,pois torna a doença crônica. Há muitos tratamentos com antibióticos e a recuperação e cura total não é difícil de se conseguir. Avise as três parceiras sobre o ocorrido.Isto é o mais correto a se fazer

SEXO NA MENSTRUAÇÃO

1- A relação sexual na menstruação é prejudicial para a mulher?
O problema de se ter relações sexuais durante a menstruação não é pelo fato de fazer a maior sujeira. O problema é que a mucosa da vagina fica mais sensível nesses dias e há mais riscos de traumas com possíveis contaminaões por bactérias que normalmente povoam os genitais e as do parceiro sexual. Há uma maior tendência da mulher ter cistite pós-relação sexual durante a menstruação. É melhor evitar, principalmente durante os dois primeiros dias.

HPV

1- Como trato o HPV ( Papiloma Vírus)?CONDILOMA.
O tratamento do HPV baseia-se na destruição do vírus localmente: c/ pomada ou cauterização. É mais um vírus do sexo, mas não tem nada a ver com o HIV. Como ele pode estar ligado ao câncer de colo de útero na mulher deve sempre ser tratado o casal até a cura. O importante é acompanhar com um urologista e o ginecologista da parceira

HÍMEM / VIRGINDADE

1- Existe o Hímen Complacente ( que não se rompe) ?
Sim,existe e dificulta o seu rompimento na primeira relação sexual da mulher.O hímen complacente não atrapalha no orgasmo enquanto não for foco de perda da excitação. Com certeza um lubrificante (KY) vai ajudar. Ela deve procurar um ginecologista para uma melhor avaliação. Não se deve forçar demais na relação para a sua rutura pois pode machucar e traumatizar física e psicológicamente a mulher

ESPERMATOZÓIDES NA LUBRIFICAÇÃO

1-Existem espermatozóides na secreção que sai do pênis quando ele está ereto?

A secreção peniana durante a ereção, produzida para a lubrificação na penetração, pode em parte dos homens, conter espermatozóides. Por isso, se a mulher estiver no período fértil, e se a secreção conter espermatozóides, ou o homem ejacular no intróito(entrada) vaginal, pode ocorrer a fecundação. Mas, seria mais prudente usar camisinha, também para prevenir doenças sexualmente transmissíveis.

2- Quando tenho um orgasmo não sai liquido nenhum. Isso é problema?

O orgasmo na mulher é o clímax da excitação, onde haverá múltiplas reações corporais e sensoriais. Este depende de mulher para mulher e também varia de acordo com o momento e seu estado de excitação e auto estima. O orgasmo pode ter sensações variadas: vai de uma leve brisa até uma forte tempestade. Nas respostas corporais predomina contrações musculares, sudorese, taquicardia e aumento da freqüência respiratória. Na vagina e vulva a lubrificação se intensifica pelas contrações das glândulas da região. Esta lubrificação varia de intensidade e quantidade de mulher para mulher. Não existe uma ejaculação e eliminação de qualquer líquido semelhante ao esperma masculino, só líquido da lubrificação, em menor ou maior quantidade. Portanto você não tem problemas nesta área. A não lubrificação, a presença de dor ou a dificuldade de ter o orgasmo necessitam de uma investigação médica e terapêutica. Estes tratamentos incluem muitas vezes a terapia sexual, que difere de outras formas de tratamento das disfunções sexuais sob dois aspectos: primeiro, porque seus objetivos se restringem essencialmente à eliminação da dificuldade sexual; segundo,porque emprega além de psicoterapia,exercícios sexuais que o paciente deve realizar em casa.Essas práticas constituem a principal inovação da moderna terapia sexual.Apesar desse enfoque dirigido ao sintoma sexual,nessa forma de tratamento, muitas vezes é necessário intervir no relacionamento global dos parceiros através de técnicas de psicoterapia.Boa sorte.

FRIGIDEZ - "MULHER FRIA"

1-  O que é frigidez? Acho que tenho esta doença pois não chego ao orgasmo.
A frigidez é uma disfunção sexual rara e é definida como uma mulher que rejeita, tem aversão e não aceita carinhos do parceiro sexual. Não confunda falta de excitação ou dificuldade para chegar ao orgasmo com frigidez. Há necessidade de uma análise individual ( você e seu parceiro) ou do casal para se estudar as causas dessa falta de resposta sexual e fazer uma terapia para resgatar a sua sexualidade.

2 – Dr.Celso: meu marido fala que sou frígida e isto me desespera, pois tenho certeza que não sou.
A frigidez é rara pois define uma mulher que não deseja qualquer contato sexual com homem. O que você deve estar se referindo é a falta ou queda da libido e da excitação. A mulher deve se conhecer cada vez mais os seus pontos de maior sensibilidade para poder explorá-los,ensiná-los ao parceiro e para chegar ao orgasmo. Outro tipo de disfunção é a mulher que não consegue chegar ao orgasmo com o parceiro na penetração, mas sim na masturbação, durante o coito ou sem penetração.São variações sexuais normais. Leia tudo sobre ORGASMO FEMININO em nossas matérias, neste portal.

DESEJO SEXUAL - LIBIDO

1 – Qual a causa principal da queda do libido ?
A queda da libido é a disfunção sexual mais comum entre os homens e as mulheres.É a diminuição do desejo sexual ocasionado de maneira geral por problemas de relacionamento do casal.Pode ter causas físicas também que devem ser descartados pelo ginecologista ou pelo urologista. Os motivos da queda de libido podem ser muitos: rotina, problemas do dia a dia tipo, falta de dinheiro, desemprego, etc, ciúmes , brigas, cobranças, e também problemas de saúde.Procure ajuda logo que perceber este problema

EJACULAÇÃO PRECOCE

1- O que é ejaculação precoce?
 Um dos problemas sexuais mais comuns é a ejaculação precoce, que consiste em um orgasmo masculino em um tempo considerado rápido, que deixa o homem frustrado e sua parceira sexual sem ter tido uma excitação suficiente para atingir o orgasmo.
Não há um tempo pré definido para o homem e a mulher chegarem ao orgasmo, ele vem quando o homem e a mulher chegam a um nível suficiente de excitação tal que desencadeiam o mecanismo do orgasmo. Os gráficos de excitação do homem e da mulher são diferentes, sendo fácil concluir-se que se os dois começarem o coito sem controle, na maioria das vezes o homem chegará ao orgasmo antes da mulher. Este fato deixa o homem frustrado pois a relação se torna rápida e não conseguiu com que sua parceira tenha o prazer completo.
 O mais freqüente método utilizado pelos ejaculadores precoces consiste em distrair-se, não pensar no que está fazendo ou, inclusive, pensar em temas não sexuais como o trabalho e o futebol. A masturbação prévia, o uso de mais de uma camisinha e o uso de cremes anestésicos são outros métodos usados. Nenhum destes recursos é aconselhável pois se um homem se distrai muito durante a relação, excede-se na dose do álcool ou diminui a sensibilidade de seu pênis, tem muitas possibilidades de acabar com um problema de ereção.
  Também tentar uma segunda ereção a seguir de uma ejaculação rápida pode não ser possível a partir de uma certa idade, a não ser que se deixe passar muito tempo. As causas de ejaculação precoce são orgânicas (20%) e psicológicas(80%). A fimose e um “freio curto” do pênis são as causas orgânicas pois aumentam muito a sensibilidade desta região e aumentam muito a excitação no homem, não dando possibilidade deste segurar a sua ejaculação. Estas doenças podem ser resolvidas com cirurgia.
  A ansiedade aumentada é a causa psicológica mais comum da ejaculação precoce, que pode ser diminuída com medicamentos e com terapia sexual. Uma correta aprendizagem do controle ejaculatório, já que existem fases de excitação durante o coito até a ejaculação, e saber parar no momento certo é a intenção do tratamento. O tratamento correto é eficaz e ajuda muito na sexualidade do casal.

2- Tenho ejaculação precoce e tenho dificuldade de manter o tesão (líbido)?
Como você tem ejaculação precoce, após a primeira ejaculação o pênis normalmente amolece. Você necessita de um bom tempo para se recuperar .Neste momento a parceira tem muita importância, pois ela deve excitá-lo muito para uma nova ereção. A queda da libido está mais ligada a problemas emocionais do que físicos. Concentre-se somente na sua parceira e tente fazer um tratamento para ejaculação precoce com um terapêuta sexual.

 3- Como é o tratamento para ejaculação precoce ?
Para ejaculação precoce o tratamento baseia-se em reaprender a ejacular. Saber todas as sensações no pênis antes do orgasmo e conseguir diminuir o rítmo da penetração e prolongar o tempo da ejaculação. Um ansiolítico pode ajudar, mas não cura. Procure um terapêuta sexual para lhe dar os exercícios sexuais que farão você reaprender a ejacular.

4- Sofro muito por ter ejaculação precoce. Não consigo manter meus relacionamentos sexuais.
O tratamento se baseia na diminuição da ansiedade e no conhecimento profundo de suas próprias sensações para que consiga perceber suas respostas sexuais pré-ejaculatórias. O nosso tratamento baseia-se em exercícios sexuais e práticas de relaxamento e sensibilização que fazem você aprender a ejacular novamente, parando no momento prévio à ejaculação. Procure um Terapêuta Sexual que poderá ajudá-lo. Não se rotule como “ejaculador precoce”. Você vai conseguir o tratamento.

5- A ejaculação precoce é comum ? tem cura ?

A ejaculação precoce (EP) é, em uma alta porcentagem dos casos, uma falta de aprendizado de ejacular. Existe tratamento sim e ele se baseia em vários exercícios que fazem o homem reaprender sobre as suas sensações sexuais para retardar a sua ejaculação.Procure um terapêuta sexual. Ás vezes usamos remédio que é paliativo ( não cura) no sentido de minimizar a situação enquanto o homem faz uma terapia sexual.

6 – Qual a consequência futura da ejaculação precoce?
A ejaculação precoce é uma disfunção sexual que traz problemas no momento e pode levar a impotência sexual no futuro, porque o homem fica muito preocupado com o próprio pênis e esquece a parceira. Existe tratamento eficaz, e é um dos que fazemos da nossa clínica. Não há uma fórmula mágica e sim uma orientação sexual no sentido de você aprender novamente como gozar

CRIPTORQUIDIA - TESTÍCULO FORA DA BOLSA ESCROTAL

Cripitorquidia

1-Meu filho nasceu com cripitorquidia , fez duas cirurgias e até hoje o terticulo não desceu, o urologista me disse que até os doze anoseste processo aconteceria . Hoje ele tem dez anos e já tem vergonha por ter esse problema. O que devo fazer? Será  necessário outra cirurgia? Ou existe algum hormônio para resolver esse problema?
Criptorquidia é uma doença urológica onde os testículos ficam localizados fora da bolsa testicular (escroto). A criança nasce assim e deve ser avaliado pelo especialista com freqüência para se observar se eles descem com os primeiros meses de vida. Estando fora de sua localização normal, pela temperatura da região perineal (da bacia) ser mais elevado que dentro do escroto,os testículos podem sofrer um processo de atrofia (diminuição do tamanho) e até destruição, com possíveis alterações hormonais e da fertilidade. Cada caso deve ser avaliado com exame físico, exames laboratoriais e de ultrassom para que a indicação de cirurgia para corrigir esta anormalidade seja precisa e em curto espaço de tempo. A indicação cirúrgica é feita perto de 2 a 3 anos de idade para que possíveis lesões nos testículos não ocorram. A indicação de hormônios é também individual e deve ser muito bem  avaliada pelo  especialista. No caso de seu filho uma nova avaliação é necessária. Nunca deve ser feito a auto medicação e comparações de casos outros parecidos de amigos ou parentes. A prevenção é o segredo da saúde.
Boa sorte

SEXO ORAL

1- Sexo oral transmite AIDS?
O sexo oral pode também transmitir a Aids por ser a saliva uma secreção que contém os vírus.Pelo beijo é mais difícil esta contaminação porque a saliva vai para o estômago que contém o ácido clorídrico que mata os vírus.Agora se houver sangramento da gengiva e/ou ferimentos no pênis e/ou na vagina e na prática do sexo oral, pode haver riscos de contaminação
 2- Odeio fazer sexo oral: ele é mesmo essencial para os homens? 
Não é essencial para os homens e sim uma grande fantasia. A busca do prazer é pessoal e individual, ou seja, cada pessoa gosta e quer experimentar formas diferentes de prazer na sexualidade. Pela umidade constante e pela movimentação da língua o sexo oral  é uma prática muito constante. Devemos sempre respeitar os desejos da parceria sexual. Se um não quer o outro deve aceitar. A não aceitação pode ser por questões religiosas, por questões de rejeição pelo cheiro, sabor e até por princípios sexuais. A intimidade e o conhecer do corpo um do outro pode facilitar e mudar conceitos. A observação, a ousadia, a fantasia e a curiosidade fazem parte da sexualidade de todos

IMPOTÊNCIA SEXUAL - DISFUNÇÃO ERÉTIL

1-Acho que não consigo satisfazer minha parceira e não sei o que fazer ?
Não se sinta obrigado a nada em um relacinamento sexual. Seja espontâneo, sincero e pense somente na parceira no momento do sexo, em lhe dar prazer, mas sem cobranças. O diálogo entre o casal é também muito importante. Pergunte para ela como quer os seus carinhos. As mulheres são diferentes e tem que ser preparadas por no mínimo 15 minutos para se iniciar a penetração

2-  Qual o melhor tratamento para impotência?Dr. Celso: As causas podem ser físicas ou psicológicas, o tratamento deve partir deste princípio e tratar a causa especifica.

3- Quando sabemos que temos a ejaculação precoce?

Dr. Celso: A ejaculação precoce tem a ver com satisfação sexual e não o tempo que demora para ejacular, logicamente se a ejaculação ocorrer em segundos ou minutos, não irá satisfazer nenhum dos parceiros e deve ser tratada com terapia sexual.

4-: Qual o mais eficaz tratamento para impotência sexual com pouca ereção?

Dr. Celso: Hoje o medicamento mais utilizado é o Viagra, que consegue uma resposta positiva em 80% das vezes. A orientação medica sempre é muito importante.

5-: Quais as causas físicas?

Dr. Celso: A causa física mais comum é a Diabete, outras causas são hipertensão arterial cardiopatia, uso de drogas, cigarro e alcoolismo.

6-: Gostaria de saber se tem algo que cresce o pênis, tenho 32 anos, sou casado, também normal, só uma curiosidade!

Dr. Celso: Os tratamentos para aumento peniano são considerados experimentais pela sociedade brasileira de urologia.

7-: Eu gostaria de saber se a impotência tem relação com masturbação…

Dr. Celso: Um dos mitos mais comuns é que o exagero da masturbação causa impotência futura. Isso não é verdade!

8-: Há possibilidade de ter relação com problemas cardíacos?

Dr. Celso: O importante é o cardíaco fazer uma avaliação detalhada com o seu cardiologista e com o terapeuta sexual para saber os seus limites para que não ocorra o medo da morte durante o ato sexual.

9-: O cigarro tira o apetite sexual feminino também?

Dr. Celso: Não existe uma comprovação deste fato, mas o cigarro afeta a oxigenação do sangue nos pulmões e mais tarde afetara a resposta sexual.

Dica do terapeuta sexual Dr. Celso Marzano: A nossa resposta sexual depende diretamente das nossas emoções: Emoção boa, sexo bom, mágoas, ansiedade e problemas físicos afetam negativamente o nosso prazer sexual. 

10: Operei para não ter mais filho, é reversivo?

Dr. Celso: A vasectomia pode ser revertida, mas o resultado positivo chega em torno de 30% dependendo do tempo de realização da cirurgia.

11: Muita masturbação dá mesmo espinha?

Dr. Celso: Os mitos de que a masturbação da pelos nas mãos, espinhas, deixa cego, ou tira a potencia do homem no futuro são totalmente falsos.

12: Medicamentos para depressão podem ter problemas de ereção?

Dr. Celso: Sem dúvida… Medicamentos anti-depressivos promovem muitas vezes a diminuição do desejo e da ereção peniana. Neste caso deve ser visualizada a possibilidade de troca de medicamento.

13: Dr. Celso boa noite tenho 39 anos e tive um pequeno trauma no pênis. Procurei vários urologistas e não obtive sucesso, fiz vários exames inclusive utrason. Os médicos não sabem o que ocorreu os exames que são sempre negativos, mais existe uma calosidade no local e dói muito e às vezes perco a ereção mesmo tomando remédios como Viagra e Levrita. O que devo fazer?

Dr. Celso: Este “calo” deve ser investigado para descarar doença de Peyroinie que causa tortuosidade e dor no pênis… O tratamento é delicado e realizado por urologista!

14: Pode um revascularizado, de mais de 10 anos, usar o Viagra, ou há contra indicação?

Dr. Celso: Os operados em geral de problemas cardíacos devem ser avaliados com muito cuidado pois os medicamentos tipo Viagra promovem uma vasodilatação que pode ter efeitos colaterais perigosos!

15: O que caracterizaria uma semi-impotência temporária ou ocasional de uma permanente? Como reconhecer?

Dr. Celso: Brochar ocasionalmente por motivos físicos (gripe) ou emocionais não considerada doença, pois é temporário, quando a falha é freqüente deve ser procurada, a ajuda de um profissional.

Dica do terapeuta Dr. Celso Marzano: Na primeira consulta do paciente com impotência, é tirado uma historia detalhada da sexualidade do paciente em seguida, um exame físico é realizado junto com exames gerais e dosagens hormonais são pedidos. A auto-medicação é perigosa e transforma casos agudos em crônicos!

16: Quando o pênis é ‘torto’, você aconselha de que se vá a um urologista ou é normal?

Dr. Celso: O conselho é procurar ajuda para descartar o normal do patológico.

17: É verdade que a mulher quando passa tempo sem ter relações sexuais contraem alguns problemas?

Dr. Celso: A freqüência sexual depende de fatores emocionais, e da possibilidade da criação de situações eróticas. A falta de sexo, não trás problemas a saúde!

18: Não estou conseguindo ereção há meses! O que acontece?

Dr. Celso: O homem demora de três a cinco anos para procurar ajuda profissional quando sofre de impotência. Este tempo é altamente negativo, pois trás conseqüências negativas para o relacionamento do casal. Você deve procurar ajuda profissional de imediato.

19: Como faz para não ter orgasmo rápido?

Dr. Celso: O orgasmo depende unicamente da intensidade da sua excitação. O segredo é conseguir manter a ereção e diminuir a sua excitação no coito. Quanto mais relaxado, o homem consegue manter o seu controle da ejaculação.

20: É possível um homem de 28 anos sempre perder a ereção?

Dr. Celso: A reposta sexual não depende somente da faixa etária. O homem pode ter uma vida sexual ativa ate 80 anos de idade, dependendo de ter uma vida saudável com uma ansiedade controlada e uma parceira eficiente. Tenho vários pacientes jovens com problemas de ereção de origem psicológica. Os tratamentos em resumo podem ser por via oral tipo: Viagra, CIalis e Levitra… Também por reposição hormonal; entre outros dispositivo de vácuo, tratamento por injeções intra-cavernosas e próteses penianas.

21: A falta de hormônios masculinos causam a impotência?

Dr. Celso: Com certeza, pois a testosterona é o principal hormônio do homem ligado a sua masculinidade.

Dica do terapeuta sexual Dr. Celso Marzano: É importante saber que as causas mais comuns até os 60 anos de idade são as psicológicas, causadas por excesso de trabalho, ansiedade continua, cobrança de ser um atleta sexual, depressão, baixa auto-estima e medo do desempenho sexual. nao se cobre muito, relaxe namore muito e entregue-se totalmente para sua parceira sexual.

22: O homem que sofre de Miastenia Gravis e toma medicamento continuado, pode sem riscos tomar Viagra?

Dr. Celso: O uso do Viagra neste caso não há contra indicação.

23: É normal um homem de 65 anos já ser impotente ou isso é devido ao estresse?

Dr. Celso: Após os 60 anos de idade as causas fisicas e psicológicas dividem 50% com os problemas de ereção.

24: Alguns meses eu descobri que contrai o vírus do HPV de meu parceiro, suponho. Meu médico me passou uma pomada que custa por volta de 200 dólares, mas não vi resultado nenhum… Será que terei que usar mais vezes?

Dr. Celso: O tratamento mais eficiente para o HPV é a destruição do vírus diretamente através de calterização elétrica ou por produtos químicos locais… Você deve ter uma nova avaliação de seu médico antes de manter o tratamento.

25: Não consigo ter orgasmo, como que eu faço pra conseguir?

Dr. Celso: O orgasmo depende de fatores físicos e emocionais. Um local adequado, com tempo suficiente, a entrega de corpo e alma entre os parceiros em um vínculo de sentimentos favorecem muito o orgasmo.

Dica do terapeuta sexual Dr. Celso Marzano: A mudança de hábitos como praticar esportes, para de fumar, diminuir o uso de bebidas alcoólicas e evitar totalmente as drogas, com certeza vai melhorar seu preparo físico e conseqüentemente sua resposta sexual… Quem cuida do seu corpo é você!

26: O Pramil está me dando problemas de muitos gases, isto é normal?

Dr. Celso: Se você esta utilizando medicamento por indicação medica, entre em contato e peça uma nova reavaliação do medicamento.

27: Se eu fui contaminada pelo HPV, meu namorado também está infectado?

Dr. Celso: A contaminação do HPV pode ser por via sexual, ou por via não sexual (mãos) e a resistência de cada pessoa frente a este vírus é diferente, desta forma, um pode contaminar ou não dependendo desta resistência.

28: Dr. Celso, tenho 63 anos, tenho diabete pós pancreatite, há 4anos. Qual o melhor remédio para aumentar o tesão?

Dr. Celso: Felizmente hoje temos muitos tipos de tratamentos para disfunção erétil… Na impossibilidade de medicamentos via oral pode-se usar a auto injeção ou a prótese peniana.

29: Quem produz é a próstata… Por este motivo, quando se opera da próstata ,o homem fica impotente?

Dr. Celso: A próstata e as suas cirurgias quando não se fala em câncer; não afeta a sexualidade do paciente.

30: É normal um homem de 58 anos ter apenas uma ereção por semana?

Dr. Celso: O importante é a qualidade e não a quantidade de relações sexuais…

 

HERPES GENITAL

1 – Tenho Herpes Genital e quero saber se ele volta sempre ?
 O herpes, por ser uma doença viral, pode ficar em estado latente por vários anos e depois reaparecer sem causa aparente. Outras formas de contaminação, além da relação sexual, são: mãos, beijos, contato com qualquer parte do corpo. Outro fator é a necessidade de ter uma predisposição pessoal para adquirir a doença. O stress e a depressão também causam queda do estado geral da pessoa e podem levar ao herpes ou a sua rescidiva.
 
2 –Qual pomada devo usar ?
 Não faça tratamento por conta própria. Procure um ginecologista ou um urologista no caso de ser homem
3 –Existem exames para fazer o diagnóstico ?
 O diagnóstico é clinico, mas há muitas variações dos sintomas e sinais. Estes sintomas também podem ser de vaginite inflamatória com coceira, dor na relação, corrimento vaginal.No homem ocorrem pequenas bolhinhas no pênis que estouram em dias e podem se curar espontâneamente.Procure ajuda médica especializada.
4 – Qual o tratamento mais moderno para o Herpes Genital ?
 Os especialistas que cuidam dessa doença são: urologistas, ginecologistas e infectologistas. O tratamento atual, é muito caro, usado hoje a base de Interferon (injeção que aumentam a resistência do paciente), mas também não tem garantia de cura total

VIAGRA - TIRE SUAS DÚVIDAS

IMPOTÊNCIA  e  V I A G R A  – TIRE SUAS DÚVIDAS!

1- O QUE É IMPOTÊNCIA (DISFUNÇÃO ERÉTIL) ?

Impotência é definida como a incapacidade de obter ereção peniana. O homem neste caso não consegue ter ou manter a ereção do pênis numa situação sexual. Um fracasso sexual ocasional pode ser normal e não doença.

2- QUEM CONTROLA A EREÇÃO DO PÊNIS?

O sistema nervoso central, através de uma cadeia de neurônios, é quem tem este controle. Este manda a mensagem através dos órgãos do sentido ( boca, nariz, olhos, mãos, pele etc.) pela medula, dentro da coluna vertebral, até os centros nervosos que controlam o enchimento de sangue no pênis, levando á ereção. Este controle está diretamente ligado á parte psicológica do homem.

 3- DIZEM QUE É COMUM O HOMEM “FRACASSAR” DE VEZ EM QUANDO; ISTO É VERDADE?

Sim, o fato de alguns fracassos sexuais não pode ser considerado doença, pois depende da situação orgânica e psicológica do homem naquele momento, se houver algum bloqueio (   “ stress ”, nervosismo, bebida, etc.  ), o comando para o pênis entrar em ereção vai ficar prejudicado e se existir a ereção não será totalmente satisfatória.

O que acontece é que muitas vezes, após um fracasso, o homem passa a encarar a cama como um autêntico campo de batalhas, e a relação sexual como uma guerra que ele tem que vencer. Nestas condições, ele pode perder a espontaneidade e  ficar com medo de uma nova “derrota”

 5- HÁ TRATAMENTO PARA A IMPOTÊNCIA?

Sem dúvida que sim. Deve-se primeiramente fazer o diagnóstico do tipo de impotência e, em seguida iniciar o tratamento. O número de pacientes que vem nos procurando, tentando sanar esse problema do início, é tão grande que resolvemos criar o CEDES  –  Centro de Orientação e Desenvolvimento da Sexualidade, uma clínica que trata do paciente como um todo – organicamente e psicologicamente – com muito sigilo e seriedade que o paciente procura. O tratamento é delicado, mas é eficaz – desde uma simples orientação sexual até, em casos mais graves, o uso da auto-injeção no pênis e a prótese peniana. Quando o problema é psicológico o tratamento deve ser feito em conjunto com o psicólogo. Hoje temos muitos tratamentos e o resultado é muito bom , lembrando da importância da participação da companheira no tratamento.

 6- QUANDO O PACIENTE DEVE PROCURAR O MÉDICO UROLOGISTA?

O mais precocemente possível, para um início imediato do tratamento, pois a persistência dos sintomas leva a quadros psicológicos mais sérios, de resolução mais lenta. Enfim, o tratamento deve começar em casa, com um diálogo mais sincero e aberto, tudo isso com muito amor.

 7-O QUE É E COMO FUNCIONA O VIAGRA?

O Viagra, Citrato de Sildenafil ,é um remédio que age diretamente no processo bioquímico que causa a ereção peniana. O Viagra combate a fosfodiesterase tipo 5 mantendo a ereção. De acordo com estudos conduzi­dos pelo  fabricante em cerca de três mil indivíduos, a droga não atua  sem uma estimulaçao  sexual e se houver sério comprometimento da libido. Nestes estudos  houve melho­ra do desempenho sexual em cerca de 80 % dos casos, sem especificar a causa da disfunção sexual.

 😯 HOMEM QUE NÃO TEM PROBLEMA SEXUAL PODE TOMAR O MEDICAMENTO?

R:  Sim, pode tomar ,porém não haverá melhora da situação atual ,pois a resposta sexual tem um limite, e não conseguimos aumentar mais a ereção se ela já estiver no máximo.

9-O VIAGRA PROVOCA A EREÇÃO E POR QUANTO TEMPO A MANTEM ?

R: Este medicamento não tem a função de provocar a ereção, portanto, o homem precisa tem uma ereção inicial para que o remédio funcione ,prolongando esta ereção até que o homem ejacule. Ele funciona após uns 50 minutos de sua ingestão e  prolonga seu efeito por quatro horas no sangue. Se o homem tiver outra ereção após a primeira ele mantém  o seu efeito.

10-QUAIS OS PACIENTES QUE NÃO PODEM TOMAR O VIAGRA?

R: Homens que tratam do coração, de hipertensão arterial  necessitam de uma avaliação do Urologista e do Cardiologista para saber se podem ou não tomar o remédio. O álcool potencializa os efeitos colaterais.

11-O VIAGRA VICIA?

R: NÃO.O cuidado é mais em relação aos possíveis problemas psicológicos que ele pode causar se não houver uma orientação adequada ao paciente, pois o Viagra não muda os parceiros, seus desempenhos sexuais, seus sentimentos ou o desgaste do dia a dia. Pode sim causar uma dependência psicológica pelo medo da falha sem o medicamento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

12-QUAIS SÃO OS EFEITOS COLATERAIS?

R: Os principais são dor de cabeça, rubor facial  , de olhos e congestão nasal. A pressão baixa , tonturas ,

distúrbios visuais são os mais comuns. A angina ,sensação de morte e até a morte súbita pode ocorrer somente nos pacientes cardiopatas , hipertensos que não podiam tomar tal medicamento.

 

13-A MULHER PODE TOMAR?

R: Até o momento as mulheres não devem tomar tal remédio porque as pesquisas atuais ainda não foram concluídas e podem ter outros efeitos colaterais.

 

14-QUE HOMEM DEVE TOMAR O VIAGRA?

R: Só deve tomar o viagra o homem que efetivamente não obtenha uma ereção total ou não consiga sustentá-la pelo tempo suficiente até a ejaculação. Ele não é tratamento para ejaculação precoce. O Viagra  é um excelente medicamento, porém não é milagroso. Tem suas indicações, suas restrições e os homens que estão alimentando falsas  expectativas sobre  os  efeitos do medicamento podem se decepcionar.